Juros do cartão- Como evitar 278,87% nas suas finanças?

Da mesma maneira como é fácil comprar no cartão de crédito, é facinho perder o controle. Enfim, quem já não levou um susto na hora de pagar a fatura? E, dá até calafrios só de pensar na situação e nos juros do cartão.

Primeiro, vem o espanto, ao ver que gastou muito além do que esperava. E, depois a frustração ao ver que esqueceu completamente dos parcelamentos. Ainda, por fim, o medo pois não tem a menor ideia se vai conseguir pagar.

Os juros do cartão de crédito no Brasil são um dos mais altos do mundo (11,57% ao mês / 278,87% ao ano). Ou seja, não dá para brincar, ou o prejuízo pode ser devastador.

O que fazer para não pagar os juros do cartão?

Se você enfrenta dificuldades nessa área e arca com muitos juros do cartão, aprenda a fazer uma gestão dos cartões de crédito e comece a controlar todas as despesas.

Você pode lançar todos os seus gastos em uma planilha ou em aplicativos de finanças (altamente recomendado) imediatamente após a despesa acontecer. 

Dessa forma, fica fácil ter uma visão consolidada do total comprometido e do perfil das despesas (alimentação, lazer, viagens, etc), incluindo os juros do cartão.

Assim, se você quer um passo a passo para organizar a vida financeira e entender como gerir melhor os cartões de crédito, saiba mais aqui.

Como ter mais agilidade para monitorar os juros?

Para ter agilidade, você pode importar as transações do cartão de crédito em segundos (usando um aplicativo). E, diversas operadoras de cartão já fornecem as transações em arquivos TXT, CSV, OFX e até Excel.

Porém, tenha apenas atenção com a questão da data de competência da despesa e data de pagamento da fatura.

E, aprenda como organizar as finanças e não passar por apuros com cheque especial e juros do cartão de crédito, saiba mais aqui.

Bom dia Maurício, as aulas são extremamente esclarecedoras e estou gostando muito das aulas, apesar de ainda não conseguir finalizar porquê esse ano começou a 1000 por hora Graças a Deus. E já estou aplicando minhas finanças pessoal e profissional no Minhas Economias e estou simplesmente maravilhado com a ferramenta. Só não inserir ainda as receitas e despesas recorrentes porquê preciso dar uma revisada na aula que fala a respeito e como controlar as despesas do Cartão de Crédito porquê ainda não assistir as aulas que fala a respeito. No mais, como já disse a ferramenta juntamente com as explicações em suas aulas, é simplesmente sensacional. Um abraço.
At.
Diogo Freire

Organize suas finanças nesse ano e tenha a liberdade financeira para realizar seus sonhos.

MATERIAIS DE REFERÊNCIA

  1. Evernote na Prática – http://organizenapratica.com.br/organize-sua-vida
  2. Gerenciador Financeiro na Prática – https://organizenapratica.com.br/gerenciador-financeiro
  3. Página de Treinamentos – https://organizenapratica.com.br/treinamentos/