Mapa mental: aprenda a usar a técnica e aumente sua produtividade
Mapa mental: aprenda a usar a técnica e aumente sua produtividade

Organizar trabalhos pode parecer uma tarefa mais difícil do que o próprio trabalho em si. Vários são os fatores, como falta de tempo. Porém, a desorganização de ideias pode ser ainda mais prejudicial à sua produtividade. Por isso, há várias formas de se organizar mentalmente, mas uma delas se destaca: o mapa mental.

A desorganização mental se assemelha à desorganização física de um ambiente de trabalho. Assim, você pode ter uma grande ideia e, por estar atarefado e não anotar, acabar esquecendo. Ou ter várias ideias e não conseguir refletir sobre qual a melhor.

Igualmente um local “de pernas para o ar” onde tudo é encontrado com dificuldade por desorganização em documentos, gavetas, atrapalham a saúde do ambiente de trabalho. Consequentemente, a produtividade será afetada.

Além disso, a desorganização causa perda de tempo, de controle sobre pessoas e materiais, documentos, entre outros. No fim, pode desmotivar o cumprimento da tarefa, o que leva à improdutividade.

Certamente você lembrou de algum lugar que tenha trabalhado desta forma. Agora, faça uma analogia com a sua mente. Já passou por isso com suas ideias, planos, etc?

Decerto, todos esses elementos são inimigos da criatividade. De nada adianta ter as melhores ideias se não conseguir sequer anotar para o momento que precisar recorrer a ela.

Mas como fazer para não perder minhas ideias, me organizar e ser mais produtivo?

Uma das soluções mais eficazes é fazer um mapa mental para que suas ideias sigam um fluxo melhor. A intenção é que seu planejamento siga em frente ou haja a resolução de um problema.

 

O que é um mapa mental?

Mapa mental é a organização de suas ideias colocadas no papel ou na tela do computador/celular/tablet. Um esquema de representação de fluxograma, organograma, ideias, problemas, soluções, etc., focados numa ideia central. Suas anotações vão se desenvolvendo e orientando sua tomada de decisão.

Mapa Mental Os 4 porquês
Mapa mental: os 4 Porquês – Fonte: Letícia Almeida

Quer um exemplo de mapa mental? Se você já assistiu à série “O mecanismo” deve se lembrar do esquema feito pelo ex-policial Ruffo. O mapa mental dele o permite decifrar como funciona o mecanismo de corrupção no Brasil.

Você pode se basear naquele modelo, mas utilizar esquemas de mapa mental escritos vão demandar tinta de canetas, papeis, etc. Também vai faltar espaço para suas anotações. A melhor maneira é organizar suas ideias digitalmente, onde você tem mais facilidade de criação, modificação e espaço quase ilimitado.

 

Como fazer um mapa mental?

Para utilizar o mapa mental e organizar suas tarefas, siga algumas etapas.

 

1 – Utilize plataforma digital (de preferência, mas você pode fazer no papel se preferir)

Organizar as ideias em plataformas digitais dá maior facilidade em criar e modificar, desfazer e refazer ações. Afinal, rabiscar em papeis, cartolinas, quadros, vão acumular e gastar material e você precisa ir colando folhas uma ao lado da outra caso precise de mais espaço para distribuir as ideias. Na medida em que fizer alterações, vai rasurar o documento, ter que passar a limpo e trabalhar em dobro.

Mas seja no papel ou no digital o mais importante são as ideias, portando avalie a melhor experiência para você.

Há softwares que dão várias opções para a melhor experiência como o Mind Meister ou o FreeMind.

Criamos um modelo para ganhar agilidade em reuniões de trabalho, você baixar gratuitamente nesse link.

 

2 – Desenvolver a ideia central

Para que a atividade do mapa mental possa fluir com facilidade, você deve entender qual a ideia central da tarefa. Por exemplo, se for a ideia de parceria para o seu negócio, comece anotando “Parceria para meus negócios”. Depois, anote questões ligadas a este termo, como nomes de possíveis parceiros, formas de parcerias, etc.

Ligue esses pontos à ideia central e desenvolva sem fugir do foco. O restante também deve conter palavras pequenas, criar ramificações de forma hierarquizada lhe dando um norte para a tarefa.

 

3 – Quebre o visual

Geralmente, os softwares para mapas mentais têm aparência limpa, semelhante a uma página do word ou do paint. Para melhorar a visualização do que você está desenvolvendo e a representatividade de cada item, é recomendável personalizar. Isso depende do seu gosto ou da forma que você entender  que é melhor para a sua compreensão.

Você pode simplesmente mudar a cor de cada palavra, tópico ou subtópico. Pode até inserir símbolos e imagens para substituir e/ou representar palavras, termos e ideias. Basta usar sua criatividade.

 

Exemplo de mapa mental

Candidatura para Deputado Mapa Mental
Candidatura para Deputado Mapa Mental

Vamos um exemplo prático de mapa mental para você entender de vez como aumentar a sua produtividade.

Se você for um político e quer se candidatar nestas eleições, por exemplo, pode começar organizando o que precisa. Conforme o mapa mental ao lado, é possível representar o início deste planejamento.

Assim, a ideia central deste planejamento é “candidatura para deputado”. Logo surgem as ramificações da ideia mãe, que chamamos de ideias filhas, que são: reputação, partido, alianças, financiamento, equipe, etc.

Consequentemente, das ideias filhas há uma ramificação maior onde podem surgir outras:

  • Para reputação, temos: trabalhos voluntários e popularidade;
  • Para partidos, temos: esquerda, centro e direita;
  • Para alianças, temos: grupo ligado ao governador, grupo ligado ao prefeito;
  • Para financiamento: pessoas físicas, fundo partidário, recursos próprios;
  • Em equipe, temos: coordenação, estratégias, comunicação.

 

Dessa ramificação, devem nascer outras até você ter um mapa completo e compreensivo que ajude na organização da candidatura.

Este modelo pode servir para qualquer ocasião, como montar uma empresa, seu plano de marketing pessoal, etc.

Então, que tal experimentar usar um mapa mental em algum projeto? Assim como nosso exemplo do deputado, faça um mapa mental próprio. Quando terminar, volte para nos contar o que achou.

Mesmo que ainda houver dúvidas, podemos ajudar. Desse modo, veja um passo a passo para utilizar o mapa mental em nossa biblioteca de vídeo aulas.

 

Tutorial Como Fazer um Mapa Mental

Quer ver na prática como fazer um mapa mental, assista essa vídeo aula.


Mauricio Aizawa
Mauricio Aizawa

Empresário, professor e fundador da Organize na Prática (organizenapratica.com.br), empresa de treinamentos e consultoria com foco em produtividade pessoal e empresarial. Graduado em Administração de Empresas, pós-graduado em Engenharia de Software pela Universidade de São Paulo e MBA Executivo pelo Insper. • Profissional certificado pela Evernote para implantação do Evernote Business. • Mais de 15 anos de experiência com implementação de sistemas corporativos e otimização de processos na área de relacionamento com clientes, gestão empresarial, automação de marketing e business intelligence.