Mapa Mental - por que fazer um

Mapa mental: por que fazer um?

Em suma, existem muitas técnicas e métodos de estudo para reter conhecimento e aumentar a produtividade. Uma das mais conhecidas é o mapa mental. Essa forma de organização é sempre vista nos perfis de educação no Instagram, por exemplo, como forma de auxiliar na aprendizagem. Pois, apresenta diversos benefícios, tanto para estudantes, quanto para a comunicação entre profissionais e equipes de trabalho.

Dessa forma, confira nesse artigo o que é um mapa mental. Bem como, quais são os seus benefícios.

vantagens do mapa mental para organização
Entenda as vantagens do mapa mental para a organização | Foto: unsplash.com

O que é mapa mental?

Em resumo, um mapa mental é uma ferramenta de gestão de informações. Ele é usado para simplificar um conteúdo e dividi-lo em tópicos para organizar o que é mais relevante de ser absorvido. Além de facilitar a memorização e a aprendizagem sobre um conteúdo. Esse mecanismo é feito de forma visual e bem gráfica, e varia de acordo com a criatividade de cada um e a distribuição dos itens.

Além disso, com ramificações a partir de um tema central e principal, o mapa mental traz informações que são dispostas da mesma formas que são entendidas pelo cérebro. Assim, a ideia principal se estende ao longo de subtópicos que são associados ao assunto principal, e dão sentido ao material a partir de uma estrutura não linear.

como aumentar a produtividade e o rendimento
O mapa mental auxilia na produtividade e no rendimento de uma atividade. | Foto: unsplash.com

Vantagens e aplicações

A aplicação do mapa mental pode ser feita em diversas ocasiões, como, por exemplo:

  • reuniões;
  • proposta;
  • planejamento de projeto e;
  • estudo de determinadas matérias.

Ele ajuda na organização de uma ideia, facilita sua compreensão ao decorrer do diálogo e aumenta a produtividade sobre o assunto. Além da usual criação do mapa mental com caneta e papel, também existem aplicativos e sites que fazem isso de maneira mais ordenada. Como o MindMeister, por exemplo.

E ainda, a eficiência de um mapa mental pode propiciar:

  • rendimento com a conexão de ideias;
  • agilidade para novas anotações;
  • estruturação de projetos;
  • filtragem de prioridades;
  • melhoria na comunicação com clientes e estudantes;
  • planejamento adequado para roteirização de conteúdos;
  • entre outros.

Isso, além de evitar a procrastinação, facilita a organização de matérias e torna as informações mais completas em caso de esquema colaborativo.

Outros benefícios pode incluir:

  • absorção de tarefas;
  • didática de aprendizagem;
  • compreensão visual da resolução de problemas;
  • acessibilidade para transmissão de raciocínios;
  • bem como, impulsionar a atenção e memorização por meio de associações.

Em conclusão, a comunicação de um mapa mental é feita com competência e trabalha o lado racional e criativo do seu cérebro. Por isso, é tão eficaz!

Se você deseja saber exatamente como usar um, então, assista ao vídeo abaixo e aprenda, na prática, como Mauricio Aizawa, fundador do Organize na Prática, utiliza mapas mentais para ter mais produtividade em reuniões e estudos.

Por fim, você gostou do vídeo? Então, que tal aprender como organizar as suas ideias e ter um maior rendimento utilizando os mapas mentais? Clique aqui e acesse o treinamento completo!

Além disso, tenha acesso a mais conteúdos gratuitos como este no Instagram do Organize na Prática, e no canal do YouTube!

MATERIAIS DE REFERÊNCIA

  1. Clique aqui e aprenda um passo a passo prático de como fazer mapas mentais.
  2. Comece por aqui, e aprenda todos os segredos de como se organizar melhor com o Evernote!
  3. Google Agenda – Organize a sua agenda de forma prática!
  4. Página de Treinamentos – Aprenda a se organizar melhor e a render até 2 vezes mais!